Skintimacy

Skintimacy é um projeto de pesquisa que explora as possibilidades de uma interface baseada na pele humana que permite que os indivíduos interajam uns com os outros produzindo respostas musicais.

O trabalho foi desenvolvido por Alexander Müller, Jochen Fuchs e Konrad Röpke no Design Research Lab que funciona na University of the Arts Berlin, e efetua pesquisas interdisciplinares no campo do design.

Skintimacy funciona por meio de um circuito elétrico aberto ligado a duas pessoas diferentes, uma placa microcontroladora Arduino, e um software que sintetiza sons.

O som é acionado quando o circuito elétrico é fechado por meio do toque entre os dois participantes, ou pelo envolvimento de mais pessoas. O tipo de som não depende apenas da intensidade do toque, mas também são usados outros parâmetros, como por exemplo, a velocidade do contato físico.

Além de propor um instrumento musical alternativo, um dos objetivos da pesquisa é criar uma ferramenta lúdica de representação sonora que permite uma observação das relações de intimidade que ocorrem nas interações interpessoais, quando os indivíduos se tocam.

Referências:

InfraBodies
Scintimacy by the Design Research Lab por Katrin Kalden

Menderley
Skintimacy : Exploring Interpersonal Boundaries through Musical Interactions por Alexander Müller, Jochen Fuchs, Konrad Roepke

DESIGNABILITIES
Skintimacy

Colaborou: Francisco Arlindo Alves

3 thoughts on “Skintimacy”

Comments are closed.